Vitor Peçanha é co-fundador da Rock Content, uma das empresas referência em Marketing de Conteúdo no Brasil com sede em Belo Horizonte. Peçanha compartilhou algumas dicas sobre o Marketing de Conteúdo que pode nos auxiliar ao planejar um editorial.

  • “Marketing de Conteúdo é recorrência.” Por mais difícil que possa ser convencer um cliente ansioso por resultados imediatos é preciso argumentar sobre a necessidade de um trabalho a médio-longo-prazo para startar um retorno qualificado.
  • Marketing de Conteúdo é frequência. Para alinhar qualidade, alcance de resultados e frequência é essencial o planejamento de um calendário editorial. Eu sempre utilizo a frase “”
  • É preciso “criar engajamento para gerar valor.” E daí, entendemos valor de duas maneiras: 1) os usuários, entende-se o público de uma marca, irão valorizar essa fonte e também as pessoas que representam esta empresa. 2) Se o público valoriza, a chance de consumir o conteúdo, de investir e dar preferência a você é maior.
  • “Conteúdo de Marketing surge a partir de pesquisa e metas be definidas: personas, palavras-chave, tendências e até mesmo a sorte” – uma vez que o seu conteúdo pode ser a motivação de um viral, por exemplo.
  • Se você se pergunta: como criar um conteúdo que atraia mais que postagens pessoais? “Impossível competir com a realidade. O jeito é aproveitar os virais e se divertir.”
  • “Espaço de propaganda não atrai”. É um espaço já saturado que gera rejeição e “antipatia”. A internet colaborou muito para essa relação de rejeição da propaganda quando o usuário passou a ter mais controle do que, como e quando consumir conteúdos específicos. A publicidade direcionada – quando o histórico de pesquisa do usuário, registro de geolocalização e termos utilizados em buscadores servem de referência para mostrar um anúncio mais relevante – pode ser vista como uma estratégia para amenizar essa questão – assunto que gera polêmica e controvérsia no meio profissional.
  • Um bom planejamento deve incluir, principalmente, 3 fatores:
    • As decisões devem ser feitas com base em dados e objetivos bem definidos. Você deve se perguntar: Por que? Para isso se faz importante acompanhar o funil de vendas e trabalhar os leads; ser autoridade no seu segmento; construir uma marca forte capaz de ser percebida através dos produtos que oferece pelos valores que preza (brand awareness); pensar estratégias eficazes com menor custo.
    • Pra quem? É impossível criar um conteúdo bom para todos. Por isso a importância de se definir as personas. Um bom conteúdo existe para resolver um problema de uma persona na hora e situação em que ela precisa.
    • Como? Vários são os formatos para disponibilizar o seu conteúdo: e-books, blog, vídeos, infográficos, redes sociais, webinars, Kits, podcasts, templates, quiz, ferramentas, guias, etc.
  • O co-marketing e campanhas em mídias pagas são citadas por Peçanha como boas estratégias para alavancar os resultados e acelerar o retorno esperado, assim como utilizar-se de mídias pagas.
  • Para oferecer uma leitura mais agradável ao usuário é utilizar a tática da escaneabilidade: dividir o conteúdo em sub-títulos, destacar frases importantes (como a técnica olho, no jargão jornalístico), organizar em listas, utilizar elementos gráficos de diferenciação (bold, itálico, underline e também setas, cores, etc.)
  • Eu quero e vou dar preferência para quem me ajuda.
  • Posts com mais de 6 meses na primeira página no google é melhorar o artigo.
  • Impossível competir com a realidade. Aproveitar virais e se divertir.

 

CURIOSIDADES

  • “Red Bull é a revista de maior tiragem no mundo”. O produto é um energético associado a aventura e adrenalina, o que gera conteúdo que engaja, com apelo emocional.